Polícia Presos

Polícia prende 6 brasileiros suspeitos por envolvimento em chacina no Paraguai

Suspeitos estavam em um sobrado, na localidade de Cerro Cor√°, vizinha de Pedro Juan

Por G7 Bahia

11/10/2021 às 19:31:01 - Atualizado h√°
Foto: Reprodução

A polícia do Paraguai prendeu, na manh√£ desta segunda-feira (11), seis brasileiros suspeitos de envolvimento no atentado que matou quatro pessoas e deixou outras tr√™s feridas, no s√°bado (9), em Pedro Juan Caballero, na fronteira com o Brasil.

Os suspeitos estavam em um sobrado, na localidade de Cerro Cor√°, vizinha de Pedro Juan. No local os policiais apreenderam tr√™s carros, celulares, jóias e por√ß√Ķes de maconha. Segundo a investiga√ß√£o, eles teriam abandonado e queimado uma caminhonete semelhante à que foi usada no ataque de s√°bado.

Os suspeitos foram identificados como sendo Juares Alves da Silva, Hywulysson Foresto, Luis Fernando Armando Sim√Ķes, Gabriel Veiga de Sousa, Farley José Cisto da Silva Carrijo e Douglas Ribeiro Gomes, mas as identidades ainda est√£o sendo confirmadas com ajuda da polícia brasileira. O Ministério Público e a polícia paraguaia ainda investigam a rela√ß√£o dos suspeitos com a chacina.

O ataque aconteceu no bairro General Diaz, em Pedro Juan Caballero, a cinco quadras da fronteira com o Brasil. As vítimas saíram de uma festa e entravam em uma caminhonete Blazer quando foram atacadas. Tiros de fuzil e pistola atingiram as brasileiras Kaline Reinoso de Oliveira, de 22 anos, Rhamye Jamilly Borges, de 18, e a paraguaia Haylle Carolina Acevedo Yunis, de 21, filha do governador do departamento de Amambay, Ronald Acevedo.

As tr√™s jovens eram estudantes de medicina. Também foi morto Osmar Vicente Alvarez Grance, de 32 anos, alvo principal do ataque, segundo a investiga√ß√£o. Ele seria ligado ao narcotr√°fico e tinha desaven√ßas com a fac√ß√£o brasileira Primeiro Comando da Capital (PCC).

Fonte: CNN
Comunicar erro
G7 Bahia

© 2021 Todos os direitos reservados - G7Bahia
www.g7bahia.com.br

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

G7 Bahia