Polícia Manifestação

Entidades e familiares protestam por justiça ao caso de tio e sobrinho

Bruno Barros da Silva e Ian Barros da Silva foram mortos após furto de carnes em supermercado

Por G7 Bahia

01/05/2021 às 10:30:24 - Atualizado h√°
Foto: Reprodução

Entidades como a Uni√£o de Negros pela Igualdade na Bahia (Unegro), Coordena√ß√£o Nacional de Entidades Negras (Conen) e o Coletivo de Entidades Negras (CEN) fizeram manifesta√ß√£o na sexta-feira (30), contra morte de tio e sobrinho no mercado Atakad√£o Atakarejo do Nordeste de Amaralina. O Ministério Público investiga o caso.

Cerca de 25 pessoas, entre parentes e amigos das vítimas, também protestaram pedindo por justi√ßa na Rua Almeida Júnior, onde tio e sobrinho moravam. O movimento aconteceria na porta do Ministério Público do Estado (MP-BA), numa tentativa de pressionar o andamento das investiga√ß√Ķes. No entanto, o local foi transferido pelos manifestantes para a Fazenda Coutos III, para que outras pessoas da comunidade pudessem participar.




Bruno Barros da Silva, 29, e Ian Barros da Silva, 19 - tio e sobrinho respectivamente - moravam no bairro de Fazenda Coutos e foram flagrados furtando pacotes de carne na tarde da segunda-feira, no supermercado Atakad√£o Atakarejo em Amaralina

No mesmo dia, ambos foram encontrados mortos no porta-malas de um carro no bairro de Brotas, com marcas de tiros e sinais de tortura.

Comunicar erro
G7 Bahia

© 2021 Todos os direitos reservados - G7Bahia
www.g7bahia.com.br

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

G7 Bahia