Sa├║de Projeto

Cresce casos de câncer de mama na Bahia; projeto feito por A Clínica da Mulher oferece prevenção durante o mês de Outubro

Iniciativa da mastologista Anna Paola Noya Gatto engloba diversos exames com condições especiais

Por G7 Bahia

18/10/2023 às 17:00:33 - Atualizado h├í
Foto: Divulgação

"O c├óncer pode ser bastante silencioso, sem nenhum indício aparente, por isso, manter a realização de exames preventivos é imprescindível", conta a Dra. Anna Paola Noya Gatto, refer├¬ncia em mastologia no país. O alerta fica ainda mais alarmante agora, após as estimativas do Instituto Nacional de C├óncer (Inca) exibirem que o estado da Bahia poder├í registrar 38.840 novos casos de c├óncer ao longo do ano de 2023. ??O tipo de c├óncer com a maior incid├¬ncia na Bahia dever├í ser o de pele não melanoma, com uma previsão de 10.530 casos, conforme apontado pelo Inca. Em seguida, aparecem o c├óncer de próstata, com um total de 6.510 casos estimados para o ano de 2023, e o c├óncer de mama feminino, com 4.230 casos previstos.

Iniciativa da Clínica da Mulher d├í suporte para prevenções em Salvador:

"Vale ressaltar que o c├óncer est├í se tornando a principal causa de morte por doenças em todo o mundo", alerta a doutora Anna. Mas tudo isto pode ser evitado. O projeto Eu Amo Viver, elaborado pela médica em parceria com A Clínica da Mulher, reforça as iniciativas de combate ao c├óncer de mama. ??Sob a liderança da Dra. Anna Paola, que é pioneira em Campanhas de Diagnóstico Precoce (desde 1992), as mulheres terão a oportunidade de esclarecer dúvidas sobre os procedimentos de detecção do c├óncer de mama, além de obterem a elaboração de exames como ultrassonografias mam├írias e outros de relev├óncia – sempre acompanhadas por uma equipe especializada.

Tudo ser├í feito com condições especiais, que incluem desde custos reduzidos até possibilidades extras através dos planos de saúde. Para um autocuidado mais potente, a Dra. Anna Paola deixa mais um alerta: "É importante reforçar que a saúde é um conjunto de ações: alimentação saud├ível, atividade física constante, suplementos vitamínicos, exposição ao sol e exames para avaliação e diagnóstico precoce".

*Mamografia é exame que mais reduz mortalidade:*?Dentre as possibilidades para o diagnóstico precoce, a mamografia é considerada a mais eficaz, uma vez que contribui para a redução da taxa de mortalidade causada pela doença, especialmente quando mulheres com mais de 40 anos são submetidas a rastreamentos anuais. Por isso, A Clínica da Mulher traz o Check-up Rosa com força neste ano, estimulando que as mulheres com mais de 35 anos j├í iniciem a mamografia, e as com menos de 35, realizem a ultrassonografia das mamas e axilas – sempre acompanhadas com a consulta com a mastologista, especialista nas doenças das mamas. Na Clínica, a equipe de nove mastologistas mulheres aguardam um grande número de pacientes.


"Utilizamos o slogan Eu Amo Viver neste projeto para reforçar a import├óncia do autocuidado, chamando as mulheres para redobrar a atenção com o cuidado da saúde, principalmente com os seios, j├í que o c├óncer de mama atinge mulheres de todas as idades. O c├óncer de mama nas mulheres jovens, com menos de 35 anos, j├í representa 5%", explica a doutora Anna.


A Organização Mundial da Saúde (OMS) prev├¬ um aumento de 46% nos casos de c├óncer de mama nas Américas até o ano de 2030, com uma concentração de 57% dos diagnósticos em mulheres com menos de 65 anos na América Latina e no Caribe.

Comunicar erro

Comentários Comunicar erro

G7 Bahia

© 2024 Todos os direitos reservados - G7Bahia
www.g7bahia.com.br

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

G7 Bahia