Manchetes Resolução

Médico é preso após confessar ter matado colega de profissão

Geraldo Freitas Júnior teve prisão preventiva decretada. A vítima o acreano Andrade Lopes Santana, de 32 anos, foi encontrada em maio, em São Gonçalo dos Campos

Por G7 Bahia

27/07/2021 às 16:50:37 - Atualizado há
Foto: Aldo Matos / Acorda Cidade

O médico Geraldo Freitas Júnior teve prisão preventiva decretada nesta terça-feira (27), após confessar a morte do colega, também médico, o acreano Andrade Lopes Santana, de 32 anos. A informação foi confirmada pelo coordenador regional de polícia de Feira de Santana, delegado Roberto Leal, responsável pelas investigações do caso.

Andrade Lopes foi encontrado morto no dia 28 de maio, no rio Jacuípe, na cidade de São Gonçalo dos Campos. Ele estava desaparecido desde o dia 24 de maio quando saiu de Araci, onde morava e trabalhava, com destino a Feira de Santana, que fica a 23 quilômetros de São Gonçalo dos Campos.

Foto: TV Subaé / reprodução

Segundo os peritos do Departamento de Polícia Técnica (DPT) foi constatado um disparo de arma de fogo na nuca e uma corda no braço amarrada a uma âncora para o corpo não emergir nas águas do rio Jacuípe.

A polícia segue investigando. A motivação não foi revelada.

Comunicar erro
G7 Bahia

© 2021 Todos os direitos reservados - G7Bahia
www.g7bahia.com.br

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

G7 Bahia