Esportes Demissão

Vasco demite o técnico Marcelo Cabo

Treinador não resistiu ao empate em casa com o Náutico e foi comunicado sobre o desligamento na tarde desta segunda.

Por G7 Bahia

19/07/2021 às 19:41:35 - Atualizado há
Foto: Alexandre Durão

O Vasco anunciou, no início da tarde desta segunda-feira, a demissão de Marcelo Cabo. O treinador não resistiu a mais uma atuação ruim, no empate por 1 a 1 com Náutico, no domingo. Alexandre Gomes, técnico do sub-20, comandará o time na quarta-feira, contra o CSA.

Em longo pronunciamento feito via Vasco TV(confira na íntegra em vídeo acima), o executivo Alexandre Pássaro explicou que a decisão por demitir Marcelo Cabo deu-se exclusivamente pela ausência de resultados e de performance condizentes com o que o clube espera para a Série B. A avaliação em cima do trabalho do treinador passou a ser feita com maior ênfase após derrota por 2 a 0 para o Avaí, na quarta rodada da Série B, em casa. Confira parte do que disse Pássaro abaixo:

Embora a gente venha de uma sequência invicta de quatro jogos, no nosso entendimento nos jogos mais importantes, nos jogos do tamanho do Vasco da Gama, a gente não teve nem resultado e nem rendimento do tamanho que a gente esperava. Do tamanho que a gente planejou. E ao tamanho que deu ao Marcelo Cabo, à comissão e aos jogadores. Demos toda a condição de trabalho.

A partir do momento que a gente entendeu que essa distância estava aumentando e não diminuindo, a gente precisou interromper esse ciclo para que a gente comece um novo".

Cabo assumiu o Vasco em março, logo após o rebaixamento à Série B do Brasileiro, e dirigiu a equipe em 29 jogos, com 13 vitórias, 10 empates e seis derrotas. Em nota, o clube agradeceu ao treinador pela dedicação e pela participação na montagem do elenco, mas ressaltou que os resultados não foram bons.

Além de Cabo, deixam o Vasco o auxiliar Gabriel Cabo e o preparador físico Tiago Melsert. Os próximos treinamentos serão comandados por Fábio Cortez e Daniel Félix, ambos da comissão permanente.

Em nota oficial sucinta enviada via assessoria, Cabo fez um agradecimento a Jorge Salgado, Alexandre Pássaro, jogadores e torcida. Confira abaixo:

Em entrevista coletiva na última sexta-feira, o diretor executivo de futebol do Vasco, Alexandre Pássaro, havia defendido a sequência do trabalho de Marcelo Cabo. Desde então, o time entrou em campo diante do Náutico e conseguiu o empate por 1 a 1 nos acréscimos.

- Eu não penso que há garantias quando se troca de treinador. Pratico isso aqui e em outros locais em que trabalhei. O termômetro é o dia a dia. (...) Quando se liga a TV e se vê os 90 minutos, a gente sabe que está devendo em resultado e performance. Isso não quer dizer que a culpa é de uma pessoa só, seja ela o Cabo ou não. É do coletivo. Análise é feita constantemente de forma paralela. A gente analisa o trabalho, a aceitação dos atletas e a tabela de pontuação. A análise é diária, jogo a jogo e quando e se achar que os caminhos se distanciaram, se muda de postura - disse Pássaro.


Fonte: Globo Esporte
Comunicar erro
G7 Bahia

© 2021 Todos os direitos reservados - G7Bahia
www.g7bahia.com.br

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

G7 Bahia