Sa√ļde Pandemia

Covid-19: governadores pedem ajuda à ONU para obter vacinas

Até agora Brasil recebeu apenas 1 milhão de doses do Covax Facility

Por G7 Bahia

16/04/2021 às 22:38:25 - Atualizado h√°
Foto: Marcos Gouvea

O Fórum de Governadores se reuniu hoje (16) com representantes da secret√°ria-geral adjunta da Organiza√ß√£o das Na√ß√Ķes Unidas (ONU), Amina Mohamed, e com representantes da Organiza√ß√£o Mundial de Saúde (OMS) para solicitar auxílio na viabiliza√ß√£o de mais doses de vacinas. Os governantes estaduais defenderam um tratamento especial ao Brasil como uma "ajuda humanit√°ria" diante do reconhecimento dos órg√£os internacionais de que o país é o novo centro da pandemia.

Os governadores solicitaram apoio das institui√ß√Ķes internacionais para destravar o repasse de doses previstas no acordo do mecanismo Covax Facility, consórcio coordenado pela OMS. Segundo o coordenador do Fórum, o governador do Piauí, Wellington Dias, o Brasil teria direito a 9,1 milh√Ķes de doses oriundas do mecanismo, mas só recebeu até o momento 1 milh√£o.

"Haver√° esfor√ßo para que uma entrega que estava prevista para maio possa ser antecipada para até o fim de abril, de 4 milh√Ķes de doses. Vamos tratar com Coreia, Índia e China, que est√£o neste esfor√ßo de produ√ß√£o [dos imunizantes]. Até o m√™s de maio completa essa entrega e maio-junho tem perspectiva de regulariza√ß√£o", declarou Dias em entrevista coletiva após a reuni√£o.

IFA

Outro pleito foi a participa√ß√£o de tratativas junto à Índia para enviar 15 milh√Ķes de Ingredientes Farmac√™uticos Ativos (IFAs) – as matérias-primas chave da fabrica√ß√£o de uma vacina - para a produ√ß√£o e novas doses da vacina CoronaVac, desenvolvida a partir de uma parceria entre Instituto Butantan e a farmac√™utica chinesa Sinovac.

Os 15 milh√Ķes de IFAs foram prometidos e seriam disponibilizados pelo laboratório Serum, da Índia. Contudo, com a explos√£o de casos nesse país os insumos e produ√ß√£o de imunizantes est√£o sendo voltados para atender ao mercado interno.

A demanda dos governadores é que sejam entregues até o fim de abril pelo menos 10 milh√Ķes de IFAs ou de doses prontas da Coronavac pela China. Isso porque eles alertam para o risco da falta desta quantidade deixar pessoas desprotegidas sem a aplica√ß√£o da 2¬™ dose ainda no m√™s de abril.

Transferência de tecnologia

Tanto no caso da CoronaVac quanto no da vacina de Oxford/AstraZeneca, o Fórum defendeu a atua√ß√£o da ONU e OMS na interlocu√ß√£o com as farmac√™uticas para antecipar a transfer√™ncia de tecnologia aos laboratórios brasileiros: o Instituto Butantan e a Fiocruz, respectivamente.

Tal antecipa√ß√£o permitiria que as duas institui√ß√Ķes passassem a produzir novas doses inteiramente no Brasil, sem depend√™ncia do envio de insumos de outros países, o que agilizaria o atendimento do mercado interno.

Os governadores requisitaram aos representantes dos dois organismos internacionais ajuda na intermedia√ß√£o também junto ao governo e Congresso dos Estados Unidos para alterar a proibi√ß√£o de exporta√ß√£o do excedente de vacinas produzidas no país.

A expectativa do governo estadunidense é imunizar toda a sua popula√ß√£o até maio. A previs√£o de é que sobrem doses. Os governadores querem que a venda ou empréstimo de parte deste excedente sejam autorizados ao Brasil como uma situa√ß√£o excepcional de "ajuda humanit√°ria".

Insumos e patentes

Os governadores também trataram do colapso no sistema de saúde nacional e da falta de insumos, especialmente dos medicamentos que fazem parte do chamado "kit intuba√ß√£o", usado no suporte ventilatório de pacientes com covid-19. Eles requisitaram à secret√°ria-geral adjunta da ONU auxílio no di√°logo com países que possuam estoques desses medicamentos que que possam disponibiliz√°-los.

Outra proposta apresentada foi que, a exemplo do que ocorreu no caso das drogas para tratamento de pessoas com HIV/AIDS, ocorra uma quebra das patentes para que outros laboratórios possam também produzir as vacinas.

Comunicar erro
G7 Bahia

© 2021 Todos os direitos reservados - G7Bahia
www.g7bahia.com.br

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

G7 Bahia