Saúde Covid-19

Salvador será a primeira capital a testar vacina brasileira contra a covid-19

Nesta primeira fase do processo, a ideia é observar a resposta imune dos avaliados, especialmente qualquer tipo de reação adversa no corpo dos voluntários

Por G7 Bahia

13/01/2022 às 15:28:47 - Atualizado há
Foto: Reprodução

Cidadãos de Salvador (BA) poderão fazer história no desenvolvimento da primeira vacina contra a covid-19 100% brasileira. Profissionais do Senai Cimatec da capital baiana irão aplicar em 90 pessoas voluntárias, com idade entre 18 e 55 anos, doses do imunizante desenvolvido em parceria com a empresa estadunidense de biotecnologia HDT BioCorp.

A vacina, de dose única, é feita de uma tecnologia inédita e, além de proteger contra a Sars-Cov-2, tem o intuito de suportar as variantes. A ideia é de que apenas uma dose possa gerar resposta imune suficiente.

Nesta primeira fase do processo, a ideia é observar a resposta imune dos avaliados, especialmente qualquer tipo de reação adversa no corpo. Os testes já foram aprovados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Ao caminhar para a fase dois, o número de voluntários passará a ser 400. Caso necessário, a fase três terá até cinco mil participantes. Todos os experimentos durarão um ano cada.

O custo total é de R$ 6 milhões, que será dividido entre as empresas participantes. A fatia brasileira é custeada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). A farmacêutica indiana Gennova Biopharmaceuticals, também é parte do processo e fabricou as doses para aplicação.


Fonte: Correio Braziliense
Comunicar erro
G7 Bahia

© 2022 Todos os direitos reservados - G7Bahia
www.g7bahia.com.br

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

G7 Bahia